DPE/RN aplica neste domingo (04) provas do IV Teste Seletivo para Residência em Direito

imprensa - sexta-feira, 2 de Dezembro de 2022

A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte irá aplicar, neste domingo (15), as provas objetivas e subjetivas do IV Teste Seletivo para Residência em Direito. A seleção será realizada em cinco cidades – Natal, Caicó, Nova Cruz, Pau dos Ferros e Mossoró – para quase 600 candidatos. As provas terão início às 9h da manhã se encerrando às 13h e a instituição recomendou o uso de máscaras durante a realização do exame.

O candidato deverá comparecer ao local de prova com 30 minutos de antecedência, munido de caneta esferográfica azul ou preta e do seu Registro Geral (Carteira de Identidade ou outro documento equivalente – com foto), bem como do comprovante de inscrição.

Os candidatos que concorrem para os núcleos de Ceará-Mirim, Extremoz, Goianinha, João Câmara, Macaíba, Monte Alegre, Natal, Nísia Floresta, São Gonçalo do Amarante, São José do Mipibu, São Paulo do Potengi, Parnamirim e Touros farão as provas na Escola Estadual Edgar Barbosa, situada na Av. Miguel Castro. Confira AQUI a listagem de cada candidato de acordo com as salas.

Confira os demais locais de prova:  

  • Caicó: Escola Estadual Professor Antônio Aladim, situada na rua Tancredo Neves, 255, bairro Boa Passagem
  • Nova Cruz: Escola Municipal Nestor Marinho, rua Assis Chateaubrand, 470, Centro
  • Pau dos Ferros: Faculdade Evolução Alto Oeste Potigar- Facep, situada a rua José Paulino do Rêgo, 45, Pau dos Ferros.;
  • Mossoró: Faculdade católica, situada na Rua Doutor João Marcelino,511, Santo Antônio (LISTAGEM POR SALA)

 O processo seletivo consistirá em duas etapas etapa, compostas por em uma prova objetiva de conhecimentos específicos e uma prova discursiva. A residência terá validade de um ano podendo ser prorrogada uma única vez por igual período. O residente cumprirá jornadas de até 6h e terá direito a uma bolsa mensal de R$ 2.000,00 mais auxílio-transporte. O prazo de validade máxima do Teste Seletivo será de um ano, prorrogável por mais um ano, a contar da data de publicação da homologação.

CRITÉRIOS DE ELIMINAÇÃO

De acordo com o Art. 22 do Edital, será automaticamente eliminado da seleção o candidato que, durante a sua realização: 

a) for surpreendido dando ou recebendo auxílio para a execução da prova; 

b) utilizar-se de livros, máquinas de calcular ou equipamento similar, dicionário, notas ou impressos que não forem expressamente permitidos ou que se comunicar com outro candidato; 

c) for surpreendido portando aparelhos eletrônicos, tais como bip, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor, gravador, máquina de calcular, máquina fotográfica, controle de alarme de carro etc., bem como relógio de qualquer espécie, óculos escuros ou quaisquer acessórios de chapelaria; 

d) assinar ou rubricar, na folha de resposta ou no caderno de respostas da Prova Discursiva ou em qualquer outro local não apropriado, palavra ou marca que o identifique. 

e) recusar-se a entregar o material da prova ao término do tempo destinado para a sua realização; 

f) afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal; 

g) ausentar-se da sala, a qualquer tempo, portando a folha de respostas; 

h) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido; 

i) utilizar ou tentar utilizar meios fraudulentos ou ilegais para obter aprovação própria ou de terceiros, em qualquer etapa do concurso público; 

j) não permitir a coleta de sua assinatura ou de sua impressão digital; 

k) não comparecer ao local da prova.